Michael capa da Jet em 1979 com 21 anos!

Michael aos 21 anos dá uma entrevista para a Jet em 1979, fala sobre vários assuntos e mostra que desde jovem era preocupado com causas sociais, podemos ver que Michael era realmente especial, abaixo segue a máteria publicada traduzida.

CAPA DA REVISTA

Michael Jackson: Perto dos 21 anos mas não tem planos de casamento, namora mas não firme, tem medo de fãs obsessivas, fala sobre racismo e revela seu estilo de vida.Michael Joseph (Sorridente) Jackson, o cantor principal de voz angelical do mundialmente famoso quinteto dos irmãos Jackson é um jovem homem bonito cujo magnetismo e mágica no palco são excedidos apenas por sua majestade fora dele.
Nascido o quinto de seis talentosos filhos de Joseph e Katherine Jackson em Gary, Ind., aproximadamente 21 anos atrás (Ago. 29, 1958). Ele é de Virgem, cuja característica é a generosidade e é movido por forças magnéticas que colocam vários admiradores em sua vida, alguns dos quais geralmente fazem coisas estranhas para mostrar seu amor a ele.

Quando uma bela adolescente negra recentemente embarcou em um avião lotado e o viu sentado com seus irmãos, ela olhou incrédula, começou a respirar duramente e ficou tão excitada que começou a molhar suas calças e frisou enquanto a urina corria por suas pernas.

No portão de chegada onde as garotas se juntavam para conhecer os Jacksons, uma adolescente loira apertada pela multidão passou pelas guardas da segurança, puxou Michael para perto dela e tentou fazê-lo beijá-la.

Recentemente retornando de uma turnê mundial celebrando seu 10º aniversário no show business, Michael, o único filho Jackson que chegou à idade adulta e ainda não está casado, entrou em um quarto cheio de cartas, sorteando as que propunham casamento. Constrangido, Michael respondeu o mesmo: “Obrigado pela linda carta. É muito doce. E nós sempre iremos amá-la. Amor, Michael Jackson e os Jacksons.”

Michael deixa claro que não fica nada feliz em escrever a mesma carta a todas estas fãs que querem ele como marido. Mas ele responde com breve dignidade porque, na verdade, ele tem medo de fãs obcecadas.

Sentado na sala de jantar da casa de sua família, localizada em Encino, comprada do ator Clark Gable de “E O Vento Levou…”, o jovem solteiro falou sobre casamento, namoro, e um vasto número de tópicos que o preocupam profundamente.

“Eu não gosto de quebrar corações”, ele disse solenemente e tímido, arrumando seu corpo no sofá. “Eu não conheço essas pessoas e, Deus, é uma coisa estranha”. Ele continuou:

“Isso, eu acho, é a parte estranha do show business. Você retrata uma imagem. E estas pessoas conhecem você há tanto tempo, comprando seus discos. Você está nas paredes delas. Elas acordam vendo você. Elas acordam pensando em você. Você está totalmente na mente delas. E quando elas conhecem você pessoalmente, sentem como se já o conhecesse há um longo tempo. Mas eu não conheço elas. Sabe, esta é a parte dolorosa do show business – quebrar corações. Você sabe o que isso faz a elas? Deus, algumas delas chegam ao ponto de cometer suicídio porque levam tão a sério. Isto é o que eu não sei como lidar.”

Para a platéia feminina jovem cujas vocês estão indo agora de “não” para “sim”, ele teme em especial. Sobre elas, ele diz, “Você tem de ser cuidadoso porque às vezes o amor pode reverter contra você. Elas sentem que não podem te ter e chegam ao ponto de planejar e fazer coisas terríveis para te machucar. Esse é o porque é tão importante ser gentil, mas sinceramente gentil.”

Ele se lembrou do boato desagradável que aconteceu ano passado; uma falsa acusação de que ele teria passado por uma mudança de sexo. O boato ainda não está morto e ele diz que seu encontro com a loira apaixonada no aeroporto mencionada anteriormente o ajudou a revivê-lo.

“Esta linda garota com cabelos loiros estava tentando o máximo que podia para me beijar,” lembra Michael. “Ela disse, ‘Você é tão sexy, me beije.’ Quando eu não demonstrei nenhum interesse nela, ela disse, ‘O que há de errado, sua *****?’ e saiu andando.”

Ele lamenta que ainda tem de dizer às pessoas: “Há uma razão pela qual eu fui criado homem. Eu não sou uma garota. E o que me mata mais e me faz querer cair em lágrimas é quando criancinhas, de sete, oito anos, vêm me perguntar isso. Eu digo não e, por favor, diga a todos os seus amigos que não é verdade.”

O que deixa Michael até mais perturbado do que o boato é o tipo de encomenda que ele recebe. “Você não acreditaria nas encomendas que eu recebo. Quero dizer, algumas delas são realmente vulgares,” ele revela.

Para ele, tais encomendas são tão chocantes quanto ver um padre no cinema assistindo “The Devil And Mrs. Jones” ou “Deep Throat”. “Algumas encomendas são realmente desagradáveis,” ele diz. “Elas dizem as coisas que querem fazer em você e tudo, e como irão fazê-las. E eu apenas leio e digo, ‘Ai meu Deus, essas garotas.’ Não há muito charme nas garotas mais, como o cara que geralmente pegava o telefone e ligava para a garota. Ela nunca ligava pro cara. Ela ficaria sentada o dia inteiro até o telefone tocar. Mas agora as garotas te enchem até a morte… Você vê hoje garotas de 11 anos de idade com bolsas e batom e rímel. Elas acham que são mulheres e não são.”

Não tenha a impressão que o cantor de voz fina é um santo. Como na descrição clichê – alto, moreno e bonito – Michael tem noção de que ele pode fazer agora, com 20 anos, o que ele costumava cantar quando ele tinha 10. Uma testemunha conhecida é a atriz ganhadora do Oscar Tatum O’ Neal, filha adolescente do ator Ryan O’ Neal.

Um repórter da “Modern People” citou a senhorita O’ Neal dizendo que não podia esperar até ter seu primeiro namorado. Se ela acompanhou a ampla publicidade em cima do comentário que envolveu exclusivamente o Michael, ele não é do tipo de beijar e contar. Ele se recusou a discutir detalhes íntimos de seu namoro com Tatum, mas estava ansioso em explicar o romance. Primeiro ele admitiu os paralelos em suas vidas: ambos têm pais que os superprotegem. Tatum é uma filhinha de papai e Michael é um filhinho de mamãe. Ambos são atraentes e bem-sucedidos. Ela anda em um Rolls-Royce dirigido por um chofer, e o Michael milionário dirige seu próprio Rolls. Ambos são muito tímidos. Michael é uma das estrelas mais brilhantes do futuro e Tatum também.

“Eu quero que todos que lêem a JET saibam que nós somos apenas bons amigos,” Michael afirmou. Admitindo as críticas constantes sobre suas relações, Michael meditou: “As pessoas levam isso ao absurdo e estendem as coisas e eu quero apenas dizer a elas que nós somos muito, muito, bons amigos. Isto é tudo que digo. Elas dizem, “Bem, quanto de amizade há? Há algum romance acontecendo?” Eu digo, sim às vezes, mas não o tempo todo.”

Mesmo que namorar seja parte do seu estilo de vida, ele está mais interessado em dar um novo estilo de vida à casa de sua família, que agora está passando por renovações extensas. Enfatizando que ele não está pronto para mudar para sua própria casa como seus quatro irmãos casados (Jackie, Jermaine, Tito e Marlon), Michael explica:

“Eu sempre quis fazer isso pela minha mãe. Ela ama lares e eu faço as coisas pelo sentimento e pela força. Eu não acho que seja o momento para me mudar. Há tantos coisas que eu quero fazer apenas ficando aqui.
“Se eu me mudasse agora, eu morreria de solidão. A maioria das pessoas que se mudam vão à danceterias todas as noites. Eles festejam toda noite. Eles chamam amigos para os visitar e eu não faço nenhuma dessas coisas. Eu iria realmente morrer de solidão.”

Os planos de renovação de Michael irão incluir uma quadra de tênis, uma piscina remodelada, uma academia, um cinema, um estúdio de ensaios e uma biblioteca.

Vivendo em casa com sua mãe, Katherine, pai Joseph, irmão Randy, e irmãs, Janet e LaToya, o jovem entertainer explora muitos dos seus talentos e prende-se a preocupações sociais e religiosas.

No topo de suas preocupações estão religião e racismo. Um devoto Testemunha de Jeová, como sua mãe, ele diz: “Eu acredito na Bíblia e tento seguí-la. Eu sei que eu não sou um anjo e não sou um demônio também. Eu tento ser o melhor que posso e eu tento fazer o que eu acho que é certo. É simples assim… Eu não rezo apenas à noite. Eu rezo em diferentes horas durante o dia. Quando eu vejo algo bonito, eu digo, ‘Oh, Deus, isso é lindo’. Eu rezo pequenas orações como essa o dia todo.”
Para lidar com o estresse do show business, Michael diz que se vira para sua divindade, não drogas. “Por mais sentimental que possa parecer, as alturas na natureza são as melhores alturas do mundo,” ele diz. “As estrelas, as montanhas, crianças, bebês sorrindo são mágicos,” diz sorridente.

A única coisa que ofusca este brilho é o pertinente racismo que está desenfreado no mundo hoje, especialmente na América, o viajante mundial observa. Relembrando-se do quão mal os Jackson têm sido tratados nas cidades do sul, ele disse que era difícil de acreditar.

“As pessoas disseram a nós para lidar com isso (racismo) porque é como o Sul é,” ele disse e adicionou: “Isto é ignorância e é ensinada porque não é realmente genética.”

“Eu realmente não sou uma pessoa preconceituosa de forma alguma. Eu acredito que as pessoas deveriam pensar mais sobre Deus e a criação porque se você olhar dentre as diversas coisas dentro dos corpos humanos – as diferentes cores dos órgãos… e todas essas cores fazem coisas diferentes ao corpo – por que não podemos fazê-lo como pessoas?

“Isto (racismo) é a única coisa que eu odeio. Eu realmente odeio. E é por causa disso que eu tento escrever, colocar nas minhas músicas, na minha dança, na minha arte – para ensinar o mundo. Se políticos não podem fazê-lo, poetas deveriam o colocar na poesia e escritores deveriam o colocar em livros. É o que nós temos que fazer e eu acho que é tão importante salvar o mundo.”

Leitor tão ávido quanto viajante, Michael, um aluno de colegial privado graduado que uma vez deixou a escola pública porque as garotas estavam sempre gritando e puxando ele, diz: “Eu amo ler. Eu queria poder aconselhar mais as pessoas a lerem. Há um mundo totalmente novo nos livros. Se você não pode pagar uma viagem, você viaja mentalmente pela leitura. Você pode ver qualquer coisa e ir a qualquer lugar que você quer ir na leitura.”

Viajar e ler tem influenciado grandiosamente suas visões religiosas e raciais. Sobre suas viagens, Michael explica: “Em qualquer lugar que você vá, coisas feitas pelo homem são feitas pelo homem, mas você tem que sair e ver a beleza de Deus no mundo.”

Refletindo sobre os problemas raciais na América, ele disse: “Eu gostaria de poder pegar emprestado de outros países, vamos dizer, como Venezuela ou Trinidad, o verdadeiro amor e pessoas que não vêem a cor e trazer isso para a América. Quando você viaja, você percebe o quão diferente a América é. Deus, eu odeio dizer isso mas o nosso povo sofre lavagem cerebral.”

De todas suas viagens, ele diz que suas experiências mais emotivas e tocantes vieram das viagens em Dakar, Senegal. “Eu vou levantar a minha mão (para Deus) nesta aqui,” ele se acendeu como uma lâmpada. “Eu sempre pensei que os negros, em termos artísticos, eram a raça mais talentosa na terra. Mas quando eu fui à África, eu fiquei até mais convencido. Eles fazem coisas incríveis lá… Eles têm as batidas e o ritmo. Eu realmente vejo de onde a bateria vem.
Faz você pensar que todos os negros têm ritmo… Eu não quero que os negros jamais se esqueçam que este é o lugar do qual nós viemos e de onde nossa música veio. E se nós esquecermos, isto (história negra) realmente iria se perder. Eu quero que nós lembremos.”

Fonte: MJBeats Comunidade de fãs de Michael Jackson  

 

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Aparições e entrevistas, MJBEATS/EDICHYS, Textos e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Michael capa da Jet em 1979 com 21 anos!

  1. Liberian disse:

    Eu amo a era Off the Wall! E essa revista então…♥ Um dia eu ainda vou ter ela pra mim!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s