Discurso da “Killer Thriller Party” (2002)

Michael Jackson viajou a Londres no verão de 2002 para participar de mais uma manifestação de protesto ante aos escritórios da Sony Music, que negou-se a manter a promoção do álbum “Invincible”. Aproveitando a viagem, participou de uma festa organizada pela MJ News Internacional. No final, pediu-se para discursar aos fãs. Entre aplausos, estas foram suas palavras:

“Quero agradecer a todos estes incríveis artistas… [Soa a canção ‘Speechless’] se continuarem com a música, vou querer dançar! Quero agradecer a este garoto Se dirige ao imitador [Earnest Valentino] por sua fantástica atuação, e achei que o Bryton McClure também esteve incrível, ambos são grandes cantores.

Bem, primeiro quero dizer… na realidade não gosto muito de falar, de verdade. Prefiro atuar que falar.

De verdade quero que vocês saibam o que eu digo: a tradição de grandes artistas, Sammy Davis Jr., James Brown, Jackie Wilson, Fred Astaire, Gene Kelly… A história, sem exceções, segue sendo sempre a mesma. Estes trabalharam duríssimo, e estão esquecidos, porque a história é sempre a mesma. Acabam arruinados, despedaçados e muitas vezes tristes, pois as gravadoras se aproveitam deles, esta é a verdade.

E sendo o artista que sou eu, na Sony gerei milhares de milhões de dólares para eles. Milhares de milhões. Eles acreditam que eu sempre tenho em mente a música e a dança. Normalmente é assim, mas nunca pensaram que este artista se daria conta.

Não podemos deixar continuar o que estão tentando fazer, agora eu estou livre. Só preciso lançar mais um álbum pela Sony. É apenas um box set, na realidade, com canções novas que escrevi tempos atrás. Porque para cada disco que faço, escrevo – literalmente, estou falando a verdade – 120 canções. Então, posso fazer o box set com apenas estas canções.

Assim saio da Sony, sou livre e, sou dono de metade da Sony. Sou dono de metade do catálogo da Sony. Estou saindo e eles estão muito irritados comigo por eu ter feito um bom negócio, entende?

A maneira de se vingar foi tentar destruir meu álbum. Porém sempre digo, já sabem: ‘É arte, uma boa arte, nunca morre… felizmente.’

E Tommy Mottola é um demônio! Talvez eu não deveria dizer isso, mas vou falar agora, pois quero que vocês saibam. Por favor, não gravem o que eu vou dizer agora, ok? Desliguem as câmeras, por favor… [Ele ri e depois volta atrás]
Façam, gravem!

Mariah Carey, depois de se divorciar com Tommy, veio me ver, chorando. Chorava muitíssimo e me deu um abraço, dizendo ‘Este homem é um malvado, Michael, ele me persegue’. Ele grampeia os telefones, e é muito, muito mau.

Temos que seguir adiante em nossa missão em acabar com ele. Não podemos permitir que ele faça isso com os grandes artistas, não podemos.

[Voltando a falar sobre o evento] Quero dizer que aprecio o fato de terem feito tudo isso, foram incríveis.

São muito leais! [Michael busca pessoas entre o público] Diana… todo o mundo… Waldo… todos os que estão aqui! Eu amo todos vocês. Foram incríveis, os amo!

Mas ainda… mas ainda… prometo: O melhor está por vir!”



Tradução de Kevin Rodrighero

Fonte: http://www.kingofpop.com.br/content.php/322-Discurso-da-Killer-Thriller-Party-2002

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em fatos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Discurso da “Killer Thriller Party” (2002)

  1. walter luiz disse:

    MICHAEL FOI MAIS UM INJUSTIÇADO PELA MÍDIA MALDITA DAS GRAVADORAS E DO ENTRETENIMENTO UMA PENA MESMO! QUE ELE DESCANSE AGORA EM PAZ!!!! NUNCA O ESQUECEREMOS!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s