Michael na Irlanda

Em uma entrevista recente, Paddy Dunning falou sobre como se tornou um grande amigo do músico solitário, dizendo que Michael Jackson apreciou o anonimato que a estadia em Westmeath proporcionou a ele e à sua família:

No ano após o julgamento Michael decidiu que seria hora de ficar por algum tempo fora dos Estados Unidos,  e um dos lugares escolhidos para que ele pudesse viver no anonimato ( o tanto quanto era possível se tratando de Michael Jackson ) com os seus filhos foi uma  linda cidadezinha na Irlanda.

O Rei do POP se sentiu em casa quando esteve em Westmeath’s Grouse Lodge. Michael Jackson descobriu um novo lar em Westmeath, quando passou cinco meses em Coolatore House, Rosemount, ao lado do estúdio de gravação internacional Grouse Loudge para gravar um novo álbum, em 2006, juntamente com Will.i.am para produzir um novo trabalho. “Tivemos o privilégio de ter gravado com Michael, e a honra de ter trabalhado e tê-lo como mentor”, comentou Paddy Dunning. Ele gravou muitas músicas aqui; tinha um grande admiração pela música irlandesa. Ele ficou à vontade no campo Westmeath, e amou a história local; ficou fascinado pela mitologia irlandesa

A propriedade (chamada de Grouse Lodge) é isolada  localizada a uma hora de Dublin, na zona rural do condado de Westmath, o acesso à residência é feito por estradas sinuosas, esburacadas e cheias de cascalho, fica bem perto da vila de Rosemount . No ano de 2002 foi convertida em um estúdio de gravação residencial em 2002 pelos então  proprietários  Paddy e Claire Dunning.
A história do sr. Paddy também e bem interessante, visto que ele começou como lixeiro em Dublin e chegou a ser um dos fundadores do bairro.
Quem primeiro visitou a propriedade foi a ex babá das crianças Grace Rwaramba, ela a princípio não disse aos proprietários quem seria o seu “patrão” o real interessado em morar alí. Grace gostou muito do que viu por lá, então sugeriu a Michael que viessem para conhecer o lugar.

Neste lugar Michael pôde desfrutar de momentos e coisas simples que normalmente não faziam parte do seu cotidiano, como por exemplo poder se alimentar de frutas e hortaliças cultivadas em seu próprio jardim.

Michael Jackson era um cavalheiro e um artista puro, com um tom de voz perfeita, afirmou Paddy.
“Ele trouxe sua família por um mês e acabou ficando por cinco meses.”
“Ele amava Midlands, amava Mullingar, Tullamore, Athlone, e sua família passou uma temporada fantástica.
“Ele não é o que todo mundo pensava e dizia que ele era; ele era um cavalheiro, puro e absoluto. Ele era um pai extremamente grande para seus filhos, eles foram muito educados aqui, todos os dias, e ele estava muito feliz e descontraído.”

Mesmo depois que ele se foi, Michael ficou em contato com Paddy; por muitas vezes ligou perguntando como tudo estava em Rosemount.
“Minha esposa Sheila preparava uma alimentação muito saudável; e sempre lhe oferecia uma tigela de mingau de aveia todos os dias; ele adorava e insistia em ter mingau todas as manhãs.

A experiência foi além de maravilhosa.
A hospitalidade segundo ..(?).
A comida deliciosa.
Amor e, graças
A Família Jackson

Seus filhos o adoravam, e ele era um bom pai, amoroso. Ele os trouxe para cá porque haviam sido abordados na Disneylandia de Paris (paparazzi), e eles estavam procurando um lugar para escapar”

O homem que eu vim a conhecer era bondoso e cavalheiro. É trágica a maneira como ele passou a vida sendo caçado. Espero que ele tenha encontrado o seu pedacinho de céu agora”.
Seus filhos o adoravam… Eles me perguntavam se eu apostaria corrida com o pai deles, e me diziam, com orgulho, que ele iria ganhar, pois ele era alto e rápido… Você poderia dizer que eles realmente se miravam nele. Mesmo no final da sua estadia, quando eles estavam indo para casa, as crianças pularam na limousine e Michael os fez sair novamente e voltar para agradecer, a cada um de nós, por nossa hospitalidade. Sua personalidade verdadeira só surgiu na privacidade. A timidez o deixou, e eu pude ver um pai firme, mas de espírito muito brincalhão, que adorava estar com seus filhos. O Michael que você via na mídia desapareceu instantaneamente.
Ele adorava torta de maçã e sorvete, e realmente gostei de vê-lo na intimidade do castelo; eu sei que ele amava a simpatia do povo irlandês. Michael realmente passou a maior parte do seu tempo de gravação no Studio 2. Ele realmente parecia gostar do som da sala.

O que foi surpreendente para mim foi descobrir o quão incrivelmente Michael tocava qualquer instrumento. Ele se sentava ao piano e tocava todas as músicas dos Beatles para todos cantarmos juntos; ou tocava bateria, ou tocava guitarra. Michael estava trabalhando com pessoas como: Rodney Jerkins, Will.i.am e outros músicos, mas as faixas que ele gravou nunca foram terminada

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em fatos, fotos com historia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s