Michael Simulchat

Em 16/08/1995 MJ falou com fãs do mundo inteiro através de um chat. Michael sentou-se à mesa junto com vários representantes dos diversos provedores participantes. Cada um possuia um laptop e a medida que Michael respondia as perguntas, um digitador transmitia as respostas para o mundo inteiro, em tempo real.


Aqui, um pequeno trecho da entrevista

Janice Brandon (ORLANDO, FL):
Eu sou sua fã há muito tempo e queria saber, apesar de toda essa imprensa injusta, como você consegue continuar fazendo o melhor trabalho que qualquer rock star pode fazer? É o fato de você ter uma mulher maravilhosa te apoiando, ou há outra razões para você continuar assim, tão bem??

Michael Jackson:
Apesar de tudo o que a imprensa diz sobre mim ou celebridades em geral, eu continuo seguindo em frente. Eu não presto atenção ao lixo dos tablóides – é lixo! Eu tenho meus sonhos, eu sou um visionário e me recupero rápido. Eu sinto como se eu tivesse uma armadura, como uma pele de rinoceronte. Eu estou aqui para fazer as coisas que eu tenho que fazer. Obrigado por fazer a primeira pergunta.

Brett Mallard (MANCHESTER, NH):
Se você pudesse ser um super herói, como o Batman ou o Superman, quem você escolheria e por quê?

Michael Jackson:
Eu gosto muito do Batman… Mas se eu pudesse escolher um, seria o Morph, do X-Men. Ele pode se transformar em qualquer coisa. Ele está sempre se transformando. Eu acho que ele pode se teletransportar, o que é interessante para mim. Ele não é tão popular como os outros, mas isso o faz emocionante.

Darkan (Progidy):
Você vai fazer turnê na América?

Michael Jackson:
Não tenho certeza, a gente faz isso meio que espontaneamente. Seria legal, mas eu não tenho certeza.

Brian (Internet):
O seu novo álbum está se saindo tão bem quanto você esperava? Vá MJ !!

Michael Jackson:
Sim, eu estou muito emocionado em relação a como o álbum está se saindo. É o álbum que está vendendo mais rápido na minha carreira. Ao contrário do que a imprensa está dizendo. Sem precedentes, 7 milhões de cópias vendidas pelo mundo na primeira semana!

Spin Cycle (Progidy):
Michael, obrigado por ter vindo. Qual é a sua canção favorita no novo CD?

Michael Jackson:
Provavelmente “Earth Song”, “Stranger In Moscow”, “Little Susie”. Eu adoro músicas que vem do coração.

Jocelyn (AOL):
Quando o álbum do 3T vai estar nas lojas?

Michael Jackson:
O 3T é esperado no Natal. Eles vão fazer muito sucesso.

Bruce Ross (Progidy):
Como o seu casamento com a Lisa Marie mudou sua vida?

Michael Jackson:
Eu acho que eu me divirto mais em apreciar o que a família realmente significa. Apesar de que nós éramos 10 de nós, Jacksons, e nós sempre fizemos coisas em épocas diferentes e eu estou aprendendo o real significado do amor. Dar 100% de você todo o tempo. Um entender o outro. Até agora tem sido muito bom.

Jim Shea (KANSAS CITY, MO):
Você já desejou poder andar num lugar público sem ser rodeado pelos fãs?

Michael Jackson:
Eu tenho todos os disfarces que você possa imaginar. É por isso que eu queria ser o Morph, eu poderia ir nos lugares e curtir a vida. Eu adoraria fazer isso.

Ally W (Progidy):
Oi Michael. Você tem uma voz incrível. Que tipo de música mais te influenciou na sua própria música?

Michael Jackson:
Obrigado pelo elogio. Foi muito gentil. Para ser honesto, meu primeiro amor e apreciação foi pela música clássica, no jardim de infância. Eu costumava ouvir Tchaikovsky todo dia. As grandes obras de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein, e muitos outros.

Marlie14 (AOL):
Na entrevista com Diane Sawyer, você falouu que ia se mudar do país. Está nos seus planos para o futuro?

Michael Jackson:
Sim, está.

Rros (Prodigy):
Qual é o lugar favorito no mundo para qual voce já viajou e onde você ainda gostaria de voltar?

Michael Jackson:
Meus lugares favoritos que eu já viajei provavelmente deve ter sido entre América do Sul e África. Porque eu amo as pessoas, e eu amo a cultura. A situação das crianças é muito interessante e eu adoraria continuar viajando, para ver mais coisas e ajudar mais pessoas.

Gary M. Richards (ENCINITAS, CA):
Michael, qual é a sua canção predileta das que você já fez? E você ainda tem o macaco de estimação Bubbles, que apareceu no video game “Moonwalker” ?

Michael Jackson:
Se eu tivesse que escolher uma música… essa é difícil. Provavelmente “Ben”, “Got to Be There”, “Heal The World”, uma das antigas. Bubbles ainda está vivo e ainda é meu chimpanzé. Ele está maior, e adora comer, muita pizza, sorvete. Ele adora lanches! [Michael ri]

MJJ (Internet):
Você já conseguiu tanta coisa na vida. O que mais voce ainda pretende conseguir?

Michael Jackson:
Eu adoro meus filmes e meu sonho é fazer filmes, não só atuar e cantar mas também produzi-los. E eu adoro animação.

SiBiS (Prodigy):
Na entrevista com Oprah, você disse que você queria formar uma família, um dia. Você planeja fazer isso??

Michael Jackson:
Sim, este é um sonho meu há muito tempo. Meus próprios filhos, e eu quero adotar também crianças de todo o mundo. Eu acho que deveríamos ser menos “territoriais” em relação a isso.

Kurt A. Lentsch (LOMBARD, IL):
Como foi trabalhar com sua irmã Janet no clip “Scream” e também trabalhar com sua linda esposa, Lisa Marie? Sorte para vocês dois e não escute para toda a porcaria que falarem!

Michael Jackson:
Essa é uma ótima pergunta! A imprensa cria todas essas histórias negativas para as pessoas comprarem suas revistas ou lerem suas colunas e você não deve acreditar em tudo que você lê ou vê na televisão. A maioria é falsa e é lixo dos tablóides e eu queria que todo mundo ficasse ciente de como a mídia é. Eu me diverti muito trabalhando com minha irmã e estando junto no set todo dia. Eu não a via há um bom tempo e ela é ocupada e eu também, e é como uma reunião. Porque de todos os membros da família, eu sou o mais próximo da Janet, e nós nos tornamos muito emociotivos no set. Nós nos dávamos presentes, mas quase todo dia no set ela viria até a mim triste por causa de alguma história maluca que algum tablóide disse. Eu disse que ela deveria ficar resistente, queria que o público soubesse. E sim, eu me diverti com Lisa Marie no set. Ela queria aparecer no vídeo. Foi muito legal ter a Lisa no set. Mas quando o diretor dizia “ação!”, ela ficava toda tímida. Eu dei umas broncas nela também!

Gemseeker (Prodigy):
Onde você aprendeu a fazer o moonwalk? Eu acho tãããão maneiro!

Michael Jackson:
Muuuuuito obrigado! Eu sempre adorei danças com ilusão, quando você pode criar uma ilusão com o corpo. Estou trabalhando num novo passo chamado Skywalk.

blondie101 (Prodigy):
O que inspirou você para escrever “Beat It” ?

Michael Jackson:
Quincy Jones me pediu que escrevesse uma música com ritmo de rock, para o álbum “Thriller”. Eu disse sim, eu posso fazer isso. Então, no mesmo dia eu fui para o estúdio e literalmente eu simplesmente comecei a cantar a música. Veio assim, muito rápido. Cada canção é diferente. O processo de produção de “Beat It” foi tão rápido, foi incrível. Eu pensei sobre o que eu faria na situação… O confronto entre duas gangues. Eu não faria o que essas pessoas fariam. Do jeito que eu fui criado eu viraria a cara, sem criar uma guerra e também sem ser um covarde.

Brandon (VANCOUVER, WA):
É difícil para você ver a hostilidade entre você a sua irmã LaToya? Você parece estar acima de toda essa fofoca idiota que outros adoram espalhar. Admiro muito sua maturidade!

Michael Jackson:
Nossa, muito obrigado! Eu amo você! Obrigado.

Curveball (Progidy):
Haverá um próximo álbum?

Michael Jackson:
Não tenho certeza. Talvez esse seja meu último álbum. Eu sempre vou criar música mas não sei se vou fazer outro álbum.

Midway Gal (Progidy):
Como você passou a gostar de música?

Michael Jackson:
Eu não acho que eu posso responder isso sem soar filosófico. Nós nunca tivemos aulas de música ou dança na nossa casa, nunca. Nós éramos uma família que cantava o tempo todo. Nós assistíamos televisão. A gente se entretinha. A gente tirava todos os móveis da sala para dançar. Eu acho que você nasce com um dom e você se sente forçado a criar. É assim que eu sempre me senti. Eu lembro que eu fazia músicas quendo eu era bem pequeno. Eu lembro que quando criança, quando chovia e nós começavamos a fazer músicas. Janet e eu tínhamos um tipo de jogo para compor músicas enquanto lavávamos os pratos, enquanto limpávamos. Eu acho que a maioria das crianças nem fazem isso hoje em dia. Era o nosso destino.

EvenBeevu (AOL):
É você que tem as idéias para todos os seus video-clips ?

Michael Jackson:
Muitas delas, sim, sou eu que tenho. Muitos dos conceitos partem de mim. Depois de cantar “Thriller” eu sabia que eu queria fazer um pequeno filminho. Um cara simples sai para namorar e confessa para a garota que ele é diferente. Eu queria me transformar em coisas diferentes. Foi divertido. Eu me diverti muito fazendo isso. “Beat It” é outra idéia que partiu de mim. Confronto- duas gangues. Eu queria mesmbros de uma gangue de verdade. Eu queria passar o jeito deles, as características, as roupas… e eu acho que consegui.

Pelon (Progidy):
Qual foi sua realização musical que lhe deu mais orgulho?

Michael Jackson:
Uma só é difícil de responder, porque eu não sou mulher, mas escrever uma canção é como dar a luz a uma criança. Eu adoro todas as músicas. “We Are The World” é uma das coisas favoritas que eu já fiz. Sou muito orgulhoso disso, atingiu muitas pessoas, tocou muitas pessoas. Foi muito emocionante quando todas as estações de rádio estavam tocando. Eu chorei.

Firefly (MELBOURNE, FL):
Michael, eu estava imaginando se e quando nós vamos ver mais um daqueles vídeos como antigamente, que são mini-filmes, como “Thriller” e “Moonwalker”?

Michael Jackson:
Eu adoro isso. É o que eu quero voltar a fazer. Bem, esse tipo de “short-film” é o meu favorito, porque não é apenas um videoclip, no sentido de imagens e gráficos e vídeos… é uma pequena história. Mas fazê-los leva 4, 5, 6, 7 meses e às vezes isso se torna um problema. Nós vamos voltar a fazer. É o meu sonho. Quero anunciar uma coisa: meus sobrinhos estão aqui e querem sentar e escutar!

Natalie Ringland (SEATTLE, WA):
Você parece se interessar por várias culturas. Você já estudou o Norte? Eu vivo numa vila esquimó no topo do Alaska. A vida é diferente aqui. Se você nos visitar, a terra e as pessoas poderiam inspirá-lo. Você viaja para se inspirar?

Michael Jackson:
Sim, eu realmente viajo para inspiração e eu adoraria ir ao Alaska um dia. Eu já sobrevoei o Alaska e eu adoro viajar. Talvez agora com o seu convite eu possa ir!

Frogbelly (Progidy):
Na sua canção “Childhood” você conta sobre como você nunca aproveitou as alegrias da juventude. O que você mais sente falta?

Michael Jackson:
Provavelmente as pequenas e simples coisas das crianças, como ter um amigo para ir no parque, brincadeiras de Halloween, de Natal ou aniversário, e quando nós éramos crianças não tínhamos nada disso. Só escutávamos falar sobre elas. Algumas crianças não dão valor a elas. Eu ainda não celebrei nenhum aniversário meu. Talvez algum dia eu o farei.

Diva (Progidy):
Michael, eu amo HIStory e acho que é o melhor até agora. Quando você vai lançar os clips em uma única fita?

Michael Jackson:
Obrigado pelo elogio. Eu trabalhei muito duro. Neste Natal, eu acho que teremos um volume com todos os curtas do álbum.

Applehead (AOL):
É um dos amigos do applehead, adivinhe qual.. dica: Family Matters. Qual a sua canção favorita no HIStory? Diga a Lisa Marie e Janet que eu disse oi!

Michael Jackson:
Eu sei exatamente quem é! [risos] Minha canção favorita provavelmente é “Childhood” ou “Earth Song”. Bom falar com você Brighton, espero vê-lo novamente em breve. Diga a todos seus parentes que eu disse oi!

MrPotter (Progidy):
Você já alguma vez quis tocar em pequenas salas em intimidade com o público ao invés de mega produções?

Michael Jackson:
Sim. Eu acho que essa é a marca de um verdadeiro artista, de poder alcançar qualquer público em todo o mundo, de qualquer tamanho. Se você puder se relacionar diretamente com um grupo pequeno, a mágica começa a acontecer. Eu já comecei a fazer esse tipo de shows. Neste Natal, eu farei um especial para a HBO, e tem essa intimidade. É “close-up”. Vai me permitir fazer várias coisas que eu nunca fiz antes.

Sam Clarke (EXTERNAL NETWORK):
Algumas histórias na imprensa aqui na Inglaterra dizem que você está para se divorciar? É verdade?

Michael Jackson:
Nunca acredite no lixo dos tablóides. Não gaste seu tempo e seu dinheiro. Não, não é verdade. Se você ouvir da minha boca, aí você pode acreditar. Mas não, não é verdade.

MJJ (Internet):
Qual é o processo para se criar um ritmo ou uma batida com a sua própria voz, como por exemplo em “Who Is It” e “Tabloid Junkie” ?

Michael Jackson:
O processo é criar um ritmo com o vocal, que é um som. Esses sons podem sofrer “loop” de acordo de como você programa no computador uma vez e outra. Essa é a base para toda a faixa, tudo gira em torno disso. É o ritmo, como em um sintetizador. Toda música eu faço assim, desde pequeno e continuo fazendo hoje.

Smufetty (AOL):
Eu amo você e eu curto toda música sua que eu possa ouvir. Só uma pergunta: como você consegue continuar quando a mídia torna tudo tão difícil?

Michael Jackson:
Obrigado pelo elogio, eu o aprecio. Eu acredito no meu trabalho, como eu disse, eu tenho grande confiança nos meus sonhos. Quando eu tenho uma boa idéia, eu tenho muita força de vontade, mesmo tendo a mídia criando essas histórias negativas que eles criam apenas para vender mais jornais. Se você olhar pela história, e eu não estou tentando colocar meu nome junto com os deles, mas sempre foi assim. Ghandi, Cristo, e eu não estou falando que eu sou Cristo – antes que a imprensa diga que eu falei isso… As piores atenções tiveram a ver com a ignorância de uma parte das pessoas por causa da imprensa. Se aconteceram com eles, pode acontecer comigo.

DanielStein (AOL):
Se você pudesse se encontrar com alguém vivo ou morto e conversar com ele por uma hora quem seria e por quê?

Michael Jackson:
Provavelmente seria Michelangelo porque eu o considero um artista fenomenal e eu adoro arte. Eu acho que eu entendo o que ele tentava passar e fazer, apesar de ter sido criticado. Ele era um verdadeiro artista. Eu adoraria simplesmente sentar e ter uma conversa com ele.

Tristene (Progidy):
Quem é seu melhor amigo?

Michael Jackson:
É a mesma coisa que eu já disse, as crianças do mundo. Por sua inocência, sua simplicidade e seu amor. É o mesmo tipo de inocência que eu encontro nos animais. Eles gostam de você pelo seu amor, e eu adoro isso!

AL & MEG (BOUNDBROOK, NJ):
O que o inspirou para se tornar tão envolvido em ajudar tantas crianças como você faz? Eu acho que o que você faz pelas crianças é maravilhoso. Você é o que essas crianças mais precisam quando a situação está mais difícil.

Michael Jackson:
Eu realmente me importo com as crianças, e com o futuro delas. Eu fico um pouco assustado a respeito de que o futuro pode trazer a elas. Eu amo, amo de verdade elas e me importo com elas. Eu vou sempre ajudá-las. Quando eu saio em turnê, eu visito hospitais de crianças em estado terminal. No meu rancho em Neverland meus convidados são, principalmente, crianças doentes. Fazemos isso sempre, porque eu amo e me importo com elas.

MJJ (Internet):
Há um boato (eu sei que você odeia essa palavra) que você está escrevendo outro livro. Você planeja fazer outro livro, e se sim, sobre o quê?

Michael Jackson:
Eu escrevi um livro chamado “Dancing The Dream”. Foi muito mais autobiográfico do que “Moonwalker”, que eu fiz com a Sra. Onassis. Não foi cheio de fofocas e escândalos e toda a porcaria que as pessoas escrevem sobre mim, então eu não sei se as pessoas prestaram muita atenção, mas veio do meu coração. Eram artigos, pensamentos, coisas que eu pensei enquanto estava em turnê. Não planejo escrever outro livro tão cedo. Se você quiser saber como eu me sinto, pode checar em HIStory. É um livro musical.

Gemseeker (Progidy):
Quando e como você aprendeu a a fazer moonwalk? Eu acho muuuuuuito maneiro! :>

Michael Jackson:
Muuuuuuito obrigado! Eu sempre adorei danças assim, quando você pode criar um passo ou uma ilusão com o corpo. Há um novo passo que parece que você está desafiando a gravidade que eu estou trabalhando há um tempão. Um dos meus dançarinos favoritos é Marcel Marceau. Mas muitos dos passos vieram do meu coração. Muitos vêm da comunidade negra. Do “tap dancing” ao Charleston. Todas essas danças vêm de comunidades negras para todo o mundo.

Jamie Ballengee (Compuserve):
Sr. Jackson, que conselho você daria a alguém numa posição similar a sua com as coisas ruins vindas da imprensa?

Michael Jackson:
Não preste atenção nisso. Torne-se forte e siga seu caminho. O melhor conselho que eu posso dar é: acredite em você mesmo, saiba que há um amanhã, seja superior, não preste atenção no lixo, é completa ignorância.

MsMittens (Internet):
Oh, antes que eu me esqueça: alguém da Internet que não pôde acessar esse site me pediu para te perguntar como você está e perguntar por que você está fazendo esse SimulChat hoje?

Michael Jackson:
Eu estou bem, indo bem[risos]. Estou nesse SimulChat porque eu amo meus fãs, e eu quero falar com vocês! Eu acho que isso é uma tecnologia incrível, simplesmente incrível, e nós estamos sendo os pioneiros nisso! Posso dar um alô para alguns amigos? Olá, Lisa Marie. Olá, Paul McCartney. Olá, Sra. Disney. Olá, para todos meus amigos em Gary, Indiana. Não consigo lembrar de uma piada para contar… Eu quero dizer que eu amo vocês todos, meus fãs em todo o mundo. Eu adoro vocês muito e não dêem ouvidos para todas coisas que ouvirem.

VanishR29 (AOL):
Como você vê essa tecnologia, como a Internet e seu efeito na sociedade?

Michael Jackson:
Eu acho maravilhoso. É um jeito maravilhoso de se comunicar que está crescendo e eu vejo como a ponta de um iceberg. Nos próximos anos haverá avanços impressionantes na tecnologia e eu espero estar aí para ver. Eu espero que continue a servir o mundo de um jeito positivo, e não negativo, que não machuque ninguém, porque é maravilhoso.

MJJ (Internet):
Você está bastante envolvido nos outros grupos que usam a marca MJJ ?

Michael Jackson:
Eu estou sim muito envolvido, não ao ponto de estar sempre lá, mas ouvindo as fitas, colaborando pelo telefone, escolhendo artista e dando idéias. Esse novo álbum do 3T que eu escutei eu acho que vai ser um grande sucesso. Eu queria dizer oi para Bill Bellamy em Los Angeles – ele é um cara ótimo.

Obrigado! Boa noite para todo mundo. Falo com vocês em breve. Tchau!

[Aplausos. Michael aperta a mão de todo mundo, agradece a todos e sai.]

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Decifrando Michael e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Michael Simulchat

  1. mimijak disse:

    Isto é bárbaro!!! Divine!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s