O Rei do Pop por :Robert Cris

Ele é belo ,felino ,febril. Michael Jackson aos 39 anos é a criança que existe dentro de nós;aquela que ainda não foi contaminada pela aspereza da realidade. Este show é puro prazer pompa e narcisismo.É magia fantasia,viagem, vertigem ,dissimulação e controle . Ele dança consegue adicionar algo de inesperado e radiante a tudo aquilo supostamente conhecido”
Escrevi o comentário acima quando assistia um show de Michael Jackson no estádio de Wembley ,em 26 de junho de 1997. Mais adiante , prossegui: “Ele tem um complexo de Messias que transborda por todos os poros. Seu corpo é um templo em movimento; seu ego se transmuta em sinos que nos arrebatam “.

Ele é incandecente,uma pantera no céu sem gravidade de Fred Astaire. E ainda há seu sorriso intergalatico. Ele quer o iluminemos como raios de lua. ‘Parem de me pressionar ‘ ele canta e ,mas adora tudo isso”.
Num dado momento do show ele emerge de uma nave especial em formato de casulo, convencido que era um astronauta feito de ouro.

Encara a multidão em  absoluto silencio durante  minutos intermináveis e se nutre do amor que emana do publico. Seguem-se encenações envolvendo gangsters e suas acompanhantes, uma mascara de lobisomen para compor o personagem de “Thriller”e o ato cerimonial de vestir a luva para entoar “Billie Jean”

Ele ficou suspenso acima de nossas cabeças por um guindaste para “Earth Song” atuando simultaneamente como acrobata e pregador.

Fingiu chorar entre “I’ ll be …e …there” e se emocionou tanto como o sentimos aquele aperto no peito ao ver realmente alguém chorando

Um tanque atravessa uma parede do palco e Michael o impede de avançar. Uma garotinha oferece uma flor a um soldado e este abandona sua arma.

Talvez pareça piegas ,mas não no mundo de Michael Jackson. A grandiloquência pode soar vazia mas ninguém pode dizer que assim o seja neste caso,quando até mesmo a queima de fogos ao final do espetáculo perde um pouco do brilho sem sua presença.

Definitivamente ,Michael não tem medo de se arriscar e no palco revive um conjunto de vidas cativantes e angelicais . Ele conhece o caminho que conduz a plateia ao êxtase , e sabemos que em nome dessa sensação qualquer coisa pode ser perdoada.

Do livro: Michael Jackson O rei do pop 1958-2009 de Robert Cris

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Decifrando Michael, fatos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para O Rei do Pop por :Robert Cris

  1. Leti MJ disse:

    Belíssimo texto!Tão belo quanto o próprio Michael.

  2. mimijak disse:

    Adoro essas suas Histórias Rita, são lindas!!!

  3. IRLEIDE DE SOUZA disse:

    Parabéns, amiga. Mais um texto ótimo sobre o Michael. Esse é revelador do entretainner – o melhor de todos os tempos, diga-se de passagem – do homem dos palcos, do carismático e empolgante Rei do Pop! Grandiloquência e humildade num só ser, isso não é pra qualquer um!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s