Michael Jackson: Rei do Pop e Empresário

Michael Jackson: Rei do Pop e Empresário

MJNA Staff January 24, 2012

Música não foi o único talento de Michael Jackson. Ele também foi um empreendedor perspicaz que conhecia seu público e que, até a sua morte em 2009, estava constantemente tentando melhorar e refinar sua marca.

Escritor de música e instrutor da Universidade de Rochester, Joe Vogel, que recentemente lançou o livro sobre a vida criativa do cantor “Man in the Music”, afirma que a evolução de Jackson como artista e como pessoa foi além de seu talento como um músico.

Em uma entrevista exclusiva com a Business NewsDaily, Vogel fala sobre o legado de Jackson como artista, empresário e inovador e que lições ele ofereceu a todos nós.

BND: Michael Jackson foi claramente mais do que apenas talentoso e mais do que apenas sortudo. Ele deve ter tido alguma outra qualidade – alguma qualidade de empreendedor – que o ajudou em seu caminho para se tornar o Rei do Pop. Você pode descrever?

Joe Vogel: Uma das maiores qualidades de Michael Jackson foi sua capacidade de imaginar algo em sua mente – algo ousado, diferente e inovador – e então ter a força de vontade e ética de trabalho para transformar isso em realidade. Ele estava constantemente desafiando a si mesmo e aqueles em torno dele para ir além do comum. Muitas vezes ele fazia com que seus amigos e colaboradores lessem “Jonathan Livingston Seagull”, que era uma fábula sobre a recusa em se conformar e a busca pela excelência. Mesmo em seu concerto “This is it” com a idade de 50 anos, ele não iria aceitar a mediocridade. Ele queria que os shows fossem diferentes de tudo que as pessoas já tinham experimentado antes.

BND: Você acha que a decisão de se reinventar constantemente foi um esforço consciente da parte de Jackson para se tornar algo sempre emocionante para o público, ou você acha que ele apenas evoluiu naturalmente à medida que ele ficou mais velho?

Joe Vogel: Michael Jackson entendeu que a estagnação para um artista era a morte. Ele odiava simplesmente a idéia de repetir fórmulas. Então, ele estava constantemente em transformação, re-inventando sua imagem, estilo e som, fazendo as pessoas quererem mais. Mas há também continuidades em sua imagem: certos símbolos, marcas e qualidades. Ele é talvez o único artista que pode ser representado em 5 a 10 poses diferentes em silhueta e as pessoas saberem exatamente quem é. Ele era muito determinado em suas escolhas. Ele sempre temeu à superexposição. Ele sabia que aquela aura mágica associada a ele podia ser mantida apenas se retendo um pouco de sua audiência. Assim, por exemplo, ele nunca faria um circuito inteiro de performances na TV e entrevistas para promover um álbum como muitos artistas fazem hoje.

BND: Como você acha que ele teria descrito a marca “Michael Jackson”? O que ele estava tentando vender?

Joe Vogel: Eu acho que Michael era muito parecido com Steve Jobs em cada produto novo – seja um álbum, vídeo ou single – sempre foi um evento. Havia todos os tipos de expectativa. Assim, a marca foi sobre essa empolgação, porque qualquer coisa que ele lançasse iria ser único e da mais alta qualidade.

BND: Ele fez boas decisões de negócios? Quais foram algumas de suas melhores e piores decisões?

Joe Vogel: Michael fez boas decisões de negócio durante os primeiros 10 ou 15 anos de sua carreira solo, e decisões muito ruins durante os seus 10-15 últimos anos. Sua decisão mais inteligente não foi só manter os direitos de suas próprias gravações, mas também adquirir direitos de outras editoras, inclusive o catálogo dos Beatles. Suas piores decisões vieram quando ele tinha muito dinheiro e pouca supervisão. Sua gestão, a partir do início dos anos 90, tornou-se uma porta giratória. Ele tornou-se vulnerável à extorsão, exploração e a gastos excessivos, porque ele não tinha mais uma equipe dedicada e de confiança ao seu redor.

BND: O que qualquer empresário ou empreendedor poderia aprender com Michael Jackson

Joe Vogel: Acho que a principal coisa que um empreendedor ou proprietário de negócio poderia aprender com Michael Jackson é que para fazer algo grande é necessário visão e trabalho. Michael se envolveu em cada novo projeto com uma paixão sem limites, e essa energia era contagiante em seus colaboradores. Mas o que realmente impressionou aqueles que trabalharam com ele foi o fato de que ele poderia trazer suas idéias para a realidade. Ele sonhava grande e em seguida trabalhava incansavelmente até que seus sonhos ganhassem vida.

BusinessNewsDaily

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Textos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Michael Jackson: Rei do Pop e Empresário

  1. mimijak disse:

    Esse foi seu grande problema, como todo grande Empreendedor é obrigado a ter seus colaboradores assim como, o Presidente de um País é obrigado a manter um Congresso a fim de ajudá-lo a governar, um homem sozinho não dá conta de gerir todos os aspectos de uma grande Empresa por mais dinâmico e energético que possa ser e infelizmente nem todos estavam interessados no trabalho e em aprender mas, no quanto poderiam roubar estando nesta posição, é um risco a que todo grande empreendedor esta sujeito por isso a importância de se ter pessoas de confiança ao seu redor, mas encontrá-los é também ganhar na Loteria, as hienas estão sempre à espreita de sua vez, na vida de Michael não faltaram as grandes hienas, que o olhavam como a um modo fácil de ganhar dinheiro e outras vantagens …

    • Rita disse:

      Verdade Mimi , mas Miichael sempre foi cercado de vampiros como Lisa disse .Apesar de sua inteligencia e astucia para o mundo dos negocios se ele estivesse mais bem amparado então como mnão seria?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s