Livro Man In The Music-Cap 2 – Thriller “Outras Notáveis Canções da Era Thriller”

BEHIND THE MASK (gravada em 1982, não lançada) (Veja apêndice)

 

BE NOT ALWAYS (Lançada no álbum dos Jackson, Victory, de 1984) Uma balada obscura, mas inesquecível, escrita por Jackson, “Be Not Alaways” é uma expressão de alienação na América Guerra Fria. “Nós demos as costas à vida”, ele canta, “Como nós podemos alegar estar de pé pela paz / Quando a disputa está armada em conflito.”

 

CARROUSEL (gravada em 1982, lançada em Thriller, Edição especial, 2001) Uma luminosa balada meio tempo escrita por Michael Sembello, “Carousel” quase entrou no corte final para Thriller, mas foi substituída por Human Nature.

 

CENTIPEDE (Gravada em 1984, lançada no Rebbie Jackson, 1985) Uma música rápida, escrita por Jackson, dada à irmã dele, Rebbie Jackson. Michael canta vocais backgrounds e o refrão para essa vibrante e colorida faixa.

 

GOT THE HOTS (Gravada em 1982, lançada como faixa bônus em algumas versões de Thriller 25, em 2008) Uma faixa funk no estilo “Thriller”, como grandes harmonias. Escrita por Jackson e Quincy Jones, ela foi tirada da trilha sonora final.

 

HOT STREET (Gravada em 1982, não lançada) Uma contagiante synth-pop escrita por Rod Temperton, ela apresenta sinetas, funk acordes de guitarras, um refrão bacana e produção e sonoridade da era Thriller.

 

NIGHTLINE (Gravada em 1982, não lançada) Essa divertida obra de quatro minutos e meio contém linhagens do soul, R&B e gospel. Ela foi escrita por Glen Ballard (quem iria, mais tarde, coescrever “Man In The Mirror”) e gravada no estúdio Westlake, em 1982.

 

SAY SAY SAY (Gravada em 1981/1983 e lançada no álbum de Paul McCartney, Pipes of Peace, em 1983) “Say Say Say” foi hit número 1 em novembro de 1983. A música foi coescrita por Jackson e Paul McCartney, e gravada no estúdio Abbey Roads, com George Martin, o legendário “quinto beatle”, como produtor.Martin disse de Jackson: “Ele verdadeiramente irradia uma aura quando ele vem para o estúdio.” O trabalho começou na faixa em 1981, mas foi completado dois anos depois do lançamento de Thriller. McCartney e Jackson fizeram um vídeo popular para a faixa, dirigido por Bob Gillardi, o qual foi filmado em Santa Ynez Valley, onde Jackson, mais tarde, iria comprar o Rancho Neverland dele. Uma otimista, contagiosa música pop que é, provavelmente, o melhor dueto Macca-Jackson.

SHE’S TROUBLE (Gravado em 1982, não lançada) Outra faixa de ritmo synth-pop tirada da trilha sonora final de Thriller. Foi escrita por Terry Britten, Bill Livsey e Sue Shifrin.

 

SOMEBODY’S WATCHING ME (Gravada em 1983, lançada no álbum de Rockwell, em 1984, Somebody’s Watching Me) Uma clássica faixa dos anos oitenta que alcançou o segundo lugar na Billboard Hot 100. Jackson amou o tema paranoico quando ele escutou a música em estúdio e, eventualmente, forneceu vocais para o refrão (embora ele tenha sido intencionalmente não creditado para evitar disputa de selos). Rockwell é filho de Barry Gordy e lançou o álbum pelo selo da Motown.

 

SOMEONE IN THE DARK (Gravada em 1982, lançada no álbum storybook E.T. Extra Terrestre, em 1982; mais tarde incluída no Michael Jackson: The Ultimate Collection, em 2004) Uma linda balada lamuriosa , que Jackson gravou para o storybook  E.T. Extra Terrestre, de Steven Spielberg, no meio das sessões de Thriller.

 

STATE OF SHOCK (Gravada em 1983, lançada no álbum dos Jackson, Victory, em 1984) Uma fusão rock-pop apresentando Jackson e o líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, que alcançou o terceiro lugar na Billboard Hot 100, em 1984. Jackson também gravou uma versão com Freddie Mercury.

 

THE MAN (Gravada em 1981/1983 e lançada no álbum de Paul McCartney, Pipes of Peace) Um dueto com Paul McCartney sobre um homem enigmático “que todo mundo pensava que eles conheciam”. Ela foi bloqueada como single pelo selo de Jackson para evitar competições com singles de Thriller.

 

THERE MUST BE MORE TO LIFE THAN THIS (Gravada em 1983, não-lançada) Um inacabado, mas fantástico, dueto temático com o líder do Queen, Freddie Mercury. A demo foi gravada com outras duas canções – “Victory” e “State of Shock” – no verão de 1983. Em uma das versões, Jackson canta a música inteira; em outra, ele é acompanhado por Mercury, que toca piano.

Livro Man in the Music -Cap 3 – Bad

 

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Livro Man In The Music e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s