Livro Man In The Music -Cap 3 – Bad ” Outras Notáveis Canções da Era Bad”

 

 

BUFFALO BILL (gravada em 1084, não-lançada) Jackson trabalhou na música com John Barnes durante as sessões iniciais de Bad. Ela tinha “uma grande abertura sinfônica e uma melodia charmosa”, de acordo com Bruce Swedien. “Essa música passou por muitas contorções e mudanças e verdes gravações e variações”, relembra Matt Forger. “Mas uma música maravilhosa…” Esta faixa foi inspirada por Wild Bill Hickock, um jogador de pôquer que foi baleado nas costas e se tornou herói de novela barata.

CHEATER (gravada em 1987, lançada em Michael Jackson: The Ultimate Collection, 2004) Uma fantástica faixa, guiada por órgão, sobre infidelidade. Jackson trabalhou na música com o tecladista Greg Phillinganes. Uma demo quase concluída, com o característico estalar de dedos de Jackson e vocal áspero, foi lançada no The Ultimate Collection em 2004.

EATEN ALIVE (gravada em 1985, não-lançada) Uma provocativa faixa rítmica que Jackson co-escreveu com os Bee-Gees. Jackson, mais tarde, permitiu que Diana Ross gravasse a música, fornecendo vocais para o refrão. A versão de Ross foi lançada no álbum dela, em 1985, com o mesmo título.

FLY WAY (gravada em 1987, lançada em Bad, Edição Especial, 2001) Uma linda música apresentando um sublime vocal e um refrão contagiante. Jackson escreveu a música durante as sessões de Bad, mas ela falhou em fazer a trilha sonora final. Ele mais tarde a deu para irmã dele, Rebbie, regravar, com os vocais backgrounds dele.

GETT IT (gravada em 1986, lançada em Characters por Stevie Wonder, 1987) Um dueto funky do final dos anos oitenta, por Jackson e Stevie Wonder.

GROOVE OF THE MIDNIGHT (gravada em 1987, não-lançada) Uma das últimas músicas que Jackson trabalhou com Rod Temperton. Agradável sensação R&B com ricas harmonias. Ela foi, mais tarde, gravada por Siedah Garrett e lançada no álbum dela, Kiss of Life.

MAKE OR BREAK (gravada em 1986, não-lançada) Jackson trabalhou nessa faixa dançante com John Barnes e Matt Forger. “Muito impulsionada e ótimo gancho, mas nunca foi terminada”, recorda Matt Forger.

SCARED OF THE MOON (gravada em 1984, lançada em Michael Jackson: he Ultimate Collection, 2004)  Uma música assombrada, poética, sobre medos e isolação da infância de uma menininha. Enquanto o que assombra a menina à noite (abuso, negligência) não é completamente revelado, o que é tragicamente claro é que ela enfrenta isso, quando isso “aterroriza e retorce a alma dela”, todas as noites.
A narrativa meticulosa traça o “terrível dano” que isso causou a psique dela, mesmo na idade adulta. A estrofe final retrata um grupo de vítimas de similares infâncias assustadoras. (“Juntos, eles recolhem/ A insanidade compartilhada deles/ Não sabendo exatamente o que eles temem”) A música composta por Jackson e o talentoso Buz Kohan (quem, mais tarde, escreveu Gone Too Soon”), foi baseada em um a história que Jackson escutou de Brooke Shields, sobre a irmã dela.
A história ressoou profundamente em Jackson. Ele escreveu a história em detalhes em um caderno de notas e, logo depois, veio com a pesarosa melodia da canção.

STREETWALKER (gravada em 1988, lançada em Bad: Especial Edição, 2001) Uma faixa marcante, revigorante, apresentando gaita por Jasun Martz, suaves harmonia, e uma linha de baixo ampla, sintetizada, estilo blues. Jackson. Trabalhou na música com Bill Bottrell. Enquanto ela ficou fora de Bad, em favor de “Another Part of Me”, ela parece em casa no álbum e tornou-se, desde então, uma das faixas não presentes em álbuns mais populares de Jackson. Jackson mencionou a música na deposição no tribunal, em 1994, como uma percussora da música “Dangerous”, a qual apresenta uma variação da enérgica linha de baixo da música.

WE ARE HERE TO CHANGE THE WORLD (gravada em 1986; lançada em Michael Jackson: The Ultimate Collection, 2004)  Uma funky faixa rítmica gravada por John Barnes, durante as primeiras sessões de Bad, e apresentada na atração cinematográfica 4-D, Captain EO, junto com “Another Part of Me”.

Jackson no set do curta metragem de 1987 dele, Bad, dirigido por Martin Scorsese. Jackson estava esperando alcançar uma imagem mais resistente, ousada, com o novo álbum dele.

Jackson no set do curta metragem de 1987 dele, Bad, dirigido por Martin Scorsese. Jackson estava esperando alcançar uma imagem mais resistente, ousada, com o novo álbum dele.

Livro Man In The Music – Cap 4 – Dangerous

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Livro Man In The Music e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s