Livro Man In The Music -Cap 1 – Off The Wall -Workin’ Day and Night,Get On The Floor

3.      WORKIN’ DAY AND NIGHT

(Escrita e composta por Michael Jackson;
produzida por Quincy Jones,
coproduzida por Michael Jackson.
Arranjo rítmico por Greg Phillinganes e Michael Jackson.
Vocais e percussão arranjados por Michael Jackson.
Instrumentos de sopro arranjados por Jerry Hey.
Vocais guia e backgrounds por Michel Jackson.
Baixo: Louis Johnson.
Bateria: John Robinson.
Guitarra: Davis Williams e Phill Upchurch.
Teclado: Greg Phillinganes.
Percusão: Paulinho da Costa, Michael Jackson e John Robinson.
Instrumentos de sopro: The Seawind Horns)

 

 

A segunda das três composições de Jackson em Off The Wall, “Workin’ Day and Night”, continuou o frenesi criado com “Don’t Stop ‘Til You Get Enouh”, enquanto, mais uma vez, mostrava a genialidade rítmica dele. Ele começa a música com a própria voz como percussão, (Jackson possui uma habilidade única para imitar instrumentos e sempre usa isso, tanto em demos, quanto na gravação final). A partir de uma beatboxing quase tribal, a música, gradualmente, constroi as camadas de sons: O teclado condiuzido por baixo de Greg Phillinganes; as lambidas da guitarra funk de David Williams e a ardente variedade de instrumentos de sopro de Jerry Hey.  Contudo, o som é guiado pelo propulsivo ritmo de percussão, arranjado por Jackson e Paulinho Da Costa. Juntamente com “Don’t Stop ‘Til You Get Enough”, a música demonstra o inicial talento instintivo de Jackson para compor música, principalmente, faixas rítmicas principais.
O funk é inegável, combinando os gemidos e engasgadas ao estilo James Brown com as exclamações no estilo rítmico de percussão de Gana. “Ele nunca foi tão funk”, escreveu o crítico musical Bem Warner, “desenterre-o e ligue-o. Fala por si mesmo. Pegando fogo. Você não consegue ficar parado. Eu tenho que ter isso”.

O tema da música também é iluminativo. Não há dúvida de que foi inspirado na própria vida dele, trabalhando incessantemente, desde criança, Jackson canta sobre simplesmente estar carregado, e querer um descanso. É a versão dele da “A Hard Day’s Night” dos Beatles, uma súplica divertida, que se tornou a catarse dele. “Massageie meus ombros”, ele canta, “Está doente, faça melhorar/ Quando isso acabar, amar você será tão bom”. Assim como a maioria das faixas escritas de Jackson sobre relacionamento, porém, a música não é tão direta como se supõe inicialmente. As poucas estrofes finais introduzem a ansiedade do cantor sobre infidelidade (“Você deve estar vendo/Outros rapazes além de mim”).
Falando da perspectiva de um marido, ele se preocupa que uma vida de trabalho constante não seja apenas frustrante (em um verso ele canta sobre estar cansado de “pensar sobre o que minha vida deveria ser”), mas prejudicando o casamento dele (algo que Jackson não tinha experimentado pessoalmente, mas era familiarizado, por observar os casamentos conturbados dos pais e dos irmãos dele). “Você diz que trabalhar é o que um homem deve fazer”, Jackson canta, “Mas eu digo que isso não é certo, se eu não posso dar doce amor a você”.  Trabalhar pode ser o que um homem tem que fazer, mas a música, divertidamente, sugere um desejo de liberdade e real conexão humana, na verdade.

_________________________________________________________________

4.        GET ON THE FLOOR

(Escrita e composta por Michael Jackson e Louis Johnson;
produzida por Quincy Jones.
Intrumentos de sopro arranjados por Louis Johnson e Quincy Jones.
Arranjos de cordas por Bem Wright.
Arranjos vocálicos por Michael Jackson.
Vocais guia e backgrounds por Michael Jackson.
Baixo: Louis Johnson.
Bateria: John Robinson; Clavinete: Greg Phillinganes.
Percussão: Pulinho da Costa.
Guitarra: Melvin “Wah Wah Watson” Ragin.
Instrumentos de sopro: The Seawind Horns.
Maestro: Gerlad Vinci)

 

 

Talvez como uma resposta parcial a “Workin’ Day and Nigth”, Jackson ofereceu “Get On The Floor”, uma música que celebra a alegre liberdade da música e da dança.

Uma versão mais antiga foi, originalmente, escrita por Louis Johnson, dos Brothers Johnson, para o álbum disco dele, Ligh Up The Night. Johnson, porém, por fim, decidiu refazer a música com Michael Jackson. O resultado foi uma extravagante excitação à dança. “Jackson se solta mais em um riff disco de contrabaixo”, escreveu o crítico musical David Abravanel, “fazendo uma contagiante faixa de dança enérgica que, de toda forma, pulsa com tensão”.

Jackson se divertiu com a gravação da música. “Foi particularmente satisfatória”, ele escreveu mais tarde, “porque (o baixista) Louis Johnson me deu uma base suave o bastante para fazer os versos e me deixou voltar cada vez mais forte a cada refrão”. Na verdade, é possível que Jackson nunca tenha soado tão feliz, alegre e desinibido quanto nesta joia disco-funk.
Envolto em cordas efervescentes, forte contrabaixo e uma batida incessante, a voz de Jackson soa com contagiante energia. “Não muitas pessoas deram a ‘Get On The Floor’, algum crédito”, escreveu o crítico musical Andre Grindle. “Mas o fato é que ela é uma das mais consistentes faixas de um forte disco-funk de 1979: os ritmos, o baixo e, é claro, a respiração quente e pesada de Jackson no fundo é simplesmente suor cru, energia e movimento.”

Na verdade, depois de construir o clímax com o grito “Levante-se, você não continuará para baixo”, (um tipo de construção primitiva que Jackson, igualmente, usaria no vídeo para “Smooth Criminal”), Jackson começou a ad-libs, como se revelando, na recém-descoberta liberdade dele, alegremente mudando vozes, experimentando com inflexões, rindo e deixando os tradicionais “ooooohs” e “heees” dele. A música é, pura e simplesmente, uma celebração da vida, música e dança.

Livro Man In The Music- Cap 1 – Off The Wall – Off The Wall, Girlfriend

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Livro Man In The Music e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s